Diz que é uma espécie de prefácio :P

Após uma breve nota de boas vindas a todos, achei por bem publicar aqui em jeito de prefácio para este blog, um texto da minha querida amiga Eliana Cristóvão que lá conseguiu arranjar um bocadinho para escrever para nós …enjoy!

“A arte de cozinhar não é um dom, mas um gosto. O paladar de apreciar, de brincar com os alimentos.
Para muitos chefs credenciados ou amadores é um arco – irís de vitalidade, no fim encontramos o pote de ouro, na satisfação de quem saboreia…

Podemos descrever o processo como de um quadro a aguarela, uma música ou um perfume se tratasse.
A Cozinha é apurar dos sentidos… o cheiro, o olhar, o tacto, o ouvir, o cheiro… reparem como tudo está interligado. È fácil observar todos os sentidos nesta arte.

E a cada apagar do lume há uma personalidade garantida. Não só de cada mão, mas a aventura dos alimentos está também em cada história, numa cultura de um povo!

E a terapia que pode advir do prazer de realizar algo, a descontração, o relaxamento de juntar aquilo e mais aquilo, a diversão do agri-doce!”

Anúncios

….Não sei que título ponha no 1º post….


Antes de mais gostaria de vos dar as boas vindas a este espaço onde poderão tirar ideias para receitas e sugestões de vinhos com os quais as poderão harmonizar. O espaço é livre e aberto à discussão. Puxem de uma cadeira, sirvam-se de um copo de vinho e desfrutem.

Não me quero alongar muito nesta nota de boas vindas, apenas quero deixar-vos transparecer que a cozinha é muito mais do que algo que se faz por obrigação, quando chegamos cansados do trabalho. É um exercício de criação e vontade, é um veículo que transmite o nosso feeling no momento da confeccção. Mito ou não …eu acredito que é possível por o que sentimos no que cozinhamos. Por isso façam o favor de por o vosso sorriso mais rasgado e comecem a cozinhar!